O coronavírus e o mercado de eventos

26 de março de 2020 - Sem categoria

Estamos cercados de notícias sobre o coronavírus (COVID-19) e, infelizmente, elas não são as melhores. Todo o mundo está sendo afetado de alguma forma e a preocupação é crescente. Como evitar o contágio e tentar preservar a população? O que vai acontecer em um futuro próximo? De que forma toda a economia vai se restabelecer? Melhor nem dizer das vidas que já foram perdidas.

É inevitável que milhares de negócios e pessoas sejam impactados. Com o toque de recolher e a recomendação de ficar em casa, o mercado de eventos foi um dos mais atingidos. Afinal, aglomerações devem ser evitadas e até mesmo a circulação de gente. Shows, congressos, feiras, palestras, formaturas, casamentos e tantos outros são cancelados a todo momento na tentativa de frear uma grande dispersão do vírus.

Os cancelamentos geram dificuldades para todos, já que um evento (grande ou pequeno) envolve muitas pessoas. Convidados, fornecedores, patrocinadores, produtores, parceiros, empresas de transporte, hotéis etc. Contudo, o mais importante é impedir que o caos seja instalado. É preciso ter muita calma e bom senso para lidar com tudo o que está acontecendo. A expectativa é que seja uma situação passageira e, se todos os cuidados forem tomados, a mais breve possível. É hora de seguir as instruções de saúde pública e recolher-se.

Uma boa dica é aproveitar esse tempo para pensar em estratégias de retomada dos eventos. Quando tudo estiver normalizado, será necessário ter um plano em mente para colocar tudo em execução de novo. Por exemplo, com o acúmulo de tantos adiamentos, a questão da conciliação de datas será muito importante, assim como o planejamento de comunicação para divulgar as informações e atrair o público.

Outra coisa que pode ser feita durante esse período é aprender sobre novas ferramentas para desenvolver um jeito mais eficiente de trabalhar. Quem não usa a tecnologia, já deve ter percebido que esse é um tipo de aprendizado e adaptação que deve ser feito com urgência. Vale usar o tempo livre para fazer pesquisas de mercado e explorar recursos que ainda são desconhecidos. Que tal fazer um curso online? Procure conteúdos interessantes para agregar valor ao seu evento.

Enfim, a ideia é sair dessa situação pelo menos um pouco melhor do que entramos. Mais solidários, mais conscientes e mais atentos ao que acontece ao nosso redor. Então, diante desse cenário, são esses os conselhos que reunimos:

1. Siga as instruções de saúde e mantenha a calma;
2. Aproveite o tempo para pensar em novas estratégias;
3. Continue se comunicando com o público, principalmente pela internet;
4. Aprenda sobre novas ferramentas para melhorar os seus resultados;
5. Faça parcerias e ajude a reerguer o setor de eventos como um todo;
6. Lave sempre as mãos, evite contato com outras pessoas e cuide de todos;
7. Esteja preparado para quando tudo isso acabar e saiba como a Nowigo pode ajudar a deixar o seu evento ainda melhor!