O que esperar do futuro? Confira 4 dicas para economizar em tempos de coronavírus!

30 de abril de 2020 - Sem categoria

A incerteza é uma realidade para todos nesse cenário de pandemia. Até existem setores que continuam lucrando, mas não há como negar que estamos passando por um momento delicado. A crise que se instala — e pode piorar nos próximos meses — nos obriga a repensar hábitos. Por isso, resolvemos listar dicas para economizar em tempos de coronavírus.

Como as atividades econômicas foram abaladas, é natural que as pessoas tenham que ajustar o orçamento para pagar as contas de sobrevivência básica ou mesmo conseguir poupar um pouco pensando na instabilidade do futuro. Infelizmente, temos casos graves na sociedade e poder ajudar o próximo é mais uma vantagem de ajustar suas economias. Confira a seguir que tipo de práticas podem fazer a diferença!

1. Repense suas prioridades

É hora de pensar e repensar em tudo, desde a importância de algumas pessoas na nossa vida até a forma como lidamos com o meio ambiente no dia a dia. Sobre a questão financeira, é preciso rever todos os seus gastos para identificar o que é prioridade e o que que pode ser cortado.

Todo tipo de compra impulsiva e sem grande necessidade deve ser eliminada. Quem puder, pode manter pequenos privilégios — especialmente aqueles que contribuam para o seu bem-estar nesse contexto complicado, como uma assinatura de streaming ou sua comida favorita. Contudo, o ideal é conseguir enxugar as despesas. 

2. Encontre substitutos

Essa é uma dica complementar à anterior. Uma forma de reduzir gastos é encontrando substitutos mais econômicos. Para isso, é importante estar aberto a experimentar coisas diferentes e implementar adaptações no seu estilo de vida. No entanto, coisas muito simples também podem entrar nessa.

Por exemplo, a necessidade de passar o álcool em gel nas mãos com frequência e cuidar da higiene pessoal virou um alerta para a população. Só que, para quem está em casa, é bem mais barato usar sabonetes do que o gel a todo momento. O produto mais caro pode ser deixado para ocasiões específicas, quando for necessário sair de casa ou higienizar algo que não deve ser lavado em água corrente com sabão.

A alimentação é outro aspecto que podemos encontrar substitutos. Preparar alimentos caseiros, priorizar frutas da estação, experimentar novos sabores e eliminar qualquer tipo de desperdício são dicas essenciais. 

Além disso, reveja os serviços que você consome e todas as contas que paga para conseguir economizar. Sabia que o sol é um substituto para contas de energia elétrica muito altas e que você não precisa ficar com a TV ou outros equipamentos ligados o tempo todo? Aproveite os ambientes naturalmente iluminados da sua casa e não deixe de incluir na rotina atividades que não precisam de um aparelho ligado — principalmente quem tem crianças em casa, explore a criatividade e aposte em tarefas que não envolvem os eletrônicos.

3. Faça pesquisas de preço

Pesquisar preço é mais uma prática que contribui para a economia. Muitas vezes, a correria do cotidiano não permite dar a devida atenção para isso e acabamos pagando mais do que deveríamos. Para mudar essa atitude, comece a comparar valores de produtos/serviços similares antes de finalizar qualquer compra. A internet é uma boa aliada nessa missão e você se surpreender com as diferenças.

4. Aproveite o tempo livre de forma útil

Mesmo quem continua trabalhando provavelmente está com mais tempo livre, afinal, as constantes saídas na antiga rotina (sem a necessidade de isolamento) tomavam parte do nosso dia. Restaurantes, bares, cinema, shoppings, passeios ao ar livre ou encontros na casa de amigos são exemplos de atividades externas que agora estão restritas.

Ou seja, ficamos mais tempo em casa e podemos aproveitar essa situação de forma útil, sem contar as horas de descanso. Algumas ideias para quem já cansou um pouco do Netflix e das redes sociais são: arrumar coisas em casa que estão precisando de conserto, fazer cursos online e desenvolver novas habilidades.


Tudo isso pode servir para economizar dinheiro ou para gerar renda. Outra sugestão válida para qualquer pessoa é buscar formações relacionadas à sua área de atuação para sair desse período ainda mais preparado para o mercado de trabalho. Se você tem uma empresa ou é produtor de eventos, que tal aprender sobre marketing digital? Já pensou em aprimorar seu talento na cozinha para vender comidas gostosas? Será que estudar um idioma não seria interessante? Use a internet para descobrir possibilidades.

O cenário que estamos vivendo requer resiliência, adaptações e inovações! Portanto, comece a colocar em prática essas e outras dicas para economizar em tempos de coronavírus. Complemente sua leitura e descubra também quais são os principais impactos da pandemia no mercado de eventos.