3 dicas para a retomada do mercado de entretenimento pós-pandemia

4 de junho de 2020 - Geral

Já percebemos que o coronavírus impactou o mundo inteiro. A rotina das pessoas passou por muitas mudanças e praticamente todos os setores de negócios foram afetados — especialmente o mercado de entretenimento, já que as aglomerações não são permitidas e a recomendação é ficar em casa para evitar a proliferação da doença.

De que forma devemos encarar esse cenário? Como será a retomada pós-pandemia? O que fazer para retomar o faturamento depois que tudo isso passar? Essas são dúvidas que estão presentes no dia a dia de quem atua na área. Por isso, resolvemos listar algumas dicas para tentar ajudar nesse momento.

Se você trabalha no mercado de lazer ou entretenimento, como shows, casas noturnas, festas, parques, baladas, restaurantes, hotéis e negócios similares, aproveite para pensar nas sugestões a seguir de como agir em um futuro próximo.

Ouça mais o público

Nunca foi tão importante estar em contato com o seu público. Por mais que as coisas estejam paradas agora, o período de retomada será bastante desafiador e tomar decisões assertivas é muito importante. Afinal, não há tempo a perder.

Com a reabertura dos locais e a possibilidade de participar de eventos, é bem provável que muitas opções surjam ao mesmo tempo. A concorrência deve ser um fator ainda maior a ser enfrentado e a relação com a sua audiência servirá como fonte de informação para acertar na escolha de datas, atrações, parcerias, fornecedores, entre outros detalhes.

Isso quer dizer que o Marketing e as ferramentas de comunicação em geral continuarão sendo fundamentais. Retomar as atividades de forma assertiva (assim como o faturamento) vai depender de um bom relacionamento com o público para despertar interesse e conseguir atender às expectativas.

Reveja as questões de higiene e segurança

Não dá para desconsiderar tudo o que passamos, não é verdade? Apesar de todas as dificuldades, a pandemia também serviu para trazer aprendizados que devem ser colocados em prática no futuro.

Vivenciamos uma situação em que algo tão “pequeno” e invisível é capaz de causar grandes tragédias. Os cuidados precisaram ser redobrados e novos hábitos incorporados à nossa rotina para tentar evitar a doença ou outros prejuízos.

Diante de tudo isso, uma das tendências que os especialistas em setores do entretenimento e do turismo apontam é a revisão das questões de higiene e segurança. As pessoas estão mais conscientes e preocupadas, o que vai exigir algumas mudanças.

Quando tudo voltar ao “normal”, vamos viver um normal diferente daquilo que estávamos acostumados. Equipamentos de proteção e novas medidas no agrupamento de pessoas devem fazer parte disso. Reduzir as filas e o contato com dinheiro físico são exemplos de medidas de prevenção que podem ser implementadas com o cashless. Para melhorar ainda mais, a praticidade desse tipo de pagamento vai deixar todo o funcionamento mais ágil e, consequentemente, aumentar o faturamento.

Aposte em tecnologia

O investimento em tecnologia é essencial por dois grandes motivos. Um deles é não oferecer uma experiência inferior do que as opções no mercado permitem e que o seus concorrentes estão oferecendo. Outro argumento é que adquirir diferenciais com certeza é um fator de atração para o seu negócio.

Pensando no contexto pós-pandemia, é natural que as pessoas estejam ansiosas por novidades e pela sensação de viver momentos especiais. Mais uma vez, não há tempo a perder. Tudo o que contribuir para uma deixar um ambiente ainda mais agradável e prazeroso será valorizado: agilidade, personalização, segurança, encantamento e praticidade são algumas palavras-chave. O controle de acesso com pulseiras RFID combinado com um sistema de câmeras de monitoramento, por exemplo, vai permitir que o número de pessoas nos espaços fechados seja controlado, assim como a movimentação delas. Esses diferenciais tecnológicos vão ser fundamentais para a administração dos negócios e segurança de todos.

Quando tudo voltar ao “normal”, vamos viver um normal diferente daquilo que estávamos acostumados. Equipamentos de proteção e novas medidas no agrupamento de pessoas devem fazer parte disso. Reduzir as filas e o contato com dinheiro físico são exemplos de medidas de prevenção que podem ser implementadas com o cashless. Para melhorar ainda mais, a praticidade desse tipo de pagamento vai deixar todo o funcionamento mais ágil e, consequentemente, aumentar o faturamento. E você, o que pensa sobre os mercados de entretenimento e lazer pós-pandemia? Conte com a gente para transformar seu negócio e melhorar a experiência dos seus clientes. Visite nosso site e entre em contato para conhecer as nossas soluções.